GROSSO

by TONELADA

/
  • Streaming + Download

    Includes unlimited streaming via the free Bandcamp app, plus high-quality download in MP3, FLAC and more.

      $5 USD  or more

     

1.
02:48
2.
3.
4.
5.
02:57
6.

about

Tonelada é:

Jaum Queiroz | Voz
Luan Mendes | Guitarra
Paulinho Torrontegui | Bateria
Renan Gobi | Baixo

Todas as faixas compostas por Jaum Queiroz, Luan Mendes, Paulinho Torrontegui e Renan Gobi; exceto "Pitando no Kombão por Digão, Canisso e Rodolfo

credits

released October 25, 2014

Produzido por Renan Gobi
Mixado e Masterizado por Cássio Zambotto
Produção Musical, Gravação e Pós-Produção por Renan Gobi, entre dezembro de 2013 e maio de 2014 no Luan Mendes Estúdio, em Dourados/MS
Consultoria, Pós-Produção, Mixagem e Masterização por Cássio Zambotto, em Natal/RN
Assistentes de Gravação Bruno Martins e Luan Mendes
Projeto Gráfico por Kin Noise, em Recife/PE
Logo p/ nome da banda criado por Rivelito Jr, em Natal/RN e reestilizado por Kin Noise
Vocal em "Toma o que Você Queria" por Felipe Duarte (Xupakabras)
Gang Vocals por Bruno Martins, Bruno Rodrigues, Henrique Ebling, Victor Dejard, Jango Brito e Tonelada

tags

license

all rights reserved

about

TONELADA Dourados, Brazil

contact / help

Contact TONELADA

Streaming and
Download help

Track Name: Cria Sua
{CRIA SUA}

De volta pra casa -"Ó quem voltou, doutor!"
Direto do esperma que você gozou
Achou que seria fácil se livrar de mim
Mas eu sou cria sua que se revoltou

Estou disposto a me vingar
Te jogar no chão e te ver sangrar
Como um verme sem valor
Vai sentir muita angustia e dor

Agora veja onde você errou
Pena que seu tempo já se esgotou
Já é tarde pra se desculpar
Se despeça, o show vai começar

[Como um verme!]

Olha a miséria que você criou
Olha as pessoas que prejudicou
E eu não sou um pesadelo seu
Eu sou a droga que você criou
Track Name: Maria da Penha
{MARIA DA PENHA}

Você tá achando que é quem?
Fica batendo em mulher!?
Covarde, filho da puta
[Eu vou te sentar o pé!]

Se acha o maioral
No trampo diz que é o tal
Mas quando chega em casa
[Não passa de um animal]

Você vai rodar! Não vai escapar!
Mulher de cela você vai virar!
Você vai ver! Vão te pegar!
Lá na cadeia o seu cu vai rodar!

Vai se fuder!
Filho da puta!
Pau no seu cu!

Não passa de um animal!

Maria da Penha!

Covarde, sem conduta
Bate em mulher, mas é uma fruta!

Aí depois sai pagando uma de bom samaritano
Sendo que vive uma vida
[Tudo debaixo dos pano]

Na sua família é um pobre
Bebaça, verme fudido
Bate na própria mulher
[Sua vida não tem sentido]

Se tu chegar a rodar, você vai se lascar
Igual porco você vai gritar!
Track Name: Toma o que Você Queria part. Felipe Duarte [Xupakabras]
{TOMA O QUE VOCÊ QUERIA part. Felipe Duarte - Xupakabras}

Humanos, filhos da puta!
Entraram nesse mundo e enterraram a sua muda
de miséria, angústia ganância e poder
E a pior delas: a peste do Crack

Entrou na sua família, como um trovão
Deixou cicatriz, corrompeu o seu irmão
Induzindo a fazer altas fita errada
Meteu várias roubada pra comprar suas parada

Sem condições, agora ele é um imprestável
Tinha família, perdeu porque foi irresponsável
Fazendo fita pra tirar a sua grana
Cê tá lascado, nunca vai tirar o pé da lama

Você tá fudido, sem amigo, se aliando ao inimigo
Pra ver se sobrevive
Pagando o preço do sistema
Pros patrão você é só mais um problema

Ta comendo o pão que o diabo amassou
Cagou, cuspiu e depois vomitou
A sua vida não tá valendo nada
Foi você quem quis, caiu na própria cilada

Os seus amigos, bem que te avisaram
Você não ouviu e preferiu o outro lado
Agora tá na pior, quem vai te ajudar?
Pede pros seus vícios virem te salvar

Agora chora pra voltar pra casa
E comer a comidinha da mamãe
Você agora é só uma piada
Bonequinho que jogaram ao chão
Procurou viver nessa estrada, ninguém forçou a sua opinião
Agora vive de migalhas, comendo sobra do lixão

Toma o que você queria!

Pula o muro da sua casa pra roubar
Se entrar no caminho dele, ele pode te matar
Ele tá alucinado, efeito paranóia
Não mede as conseqüências, verdadeira escória

O mundo quem plantou e você é quem colheu
Cuidado! Abre o olho! Pode ser um filho seu
Pagando o preço da nossa história
Nóia fudido, afundado na bosta!

Você tá fudido, sem amigo, se aliando ao inimigo
Pra ver se sobrevive
Pagando o preço do sistema
Pros patrão você é só mais um problema
Track Name: Realidade Nua e Crua
{REALIDADE NUA E CRUA}

Seu pesadelo começa quando você me vê
Aqui é Tonelada que vai te surpreender
Com a realidade que você não vê na sua TV
Não adianta se esconder, não tem pra onde correr

Muitas pessoas vão julgar, sem saber quem você é
Não abaixe sua cabeça, pra não ser mais um mané

Você pode ser o que você quiser!
Basta crer, correr atrás e fazer acontecer

Realidade nua e crua só se encontra na rua
Aqui o bicho pega e te agarra com a unha
O diabo dificultou, pra você não chegar
Dê uma bicuda na cara dele, pra poder continuar

Vai!

Passando energia, a mais de mil grau
Somos guerreiros do dia a dia, dessa vida desigual
Sobrevivendo um dia após o outro
Onde poucos ganham muito e muitos ganham pouco

Mesmo assim essas pessoas não desistem de viver
Com um sorriso no rosto, de dia até anoitecer

Mal tem o que comer e muito menos onde morar
Mesmo assim essas pessoas não desistem de sonhar

Realidade nua e crua só se encontra na rua
Aqui o bicho pega e te agarra com a unha
O diabo dificultou, pra você não chegar
Dê uma bicuda na cara dele, pra poder continuar

Tonelada!
Track Name: Treta
{TRETA}

Pancadaria todo dia!
Eu agüento mais!
Saio na rua de rolê, os loki corre atrás
Dando bicuda, voadora e chute na costela
Esses dias, até tomei uma bica no zé féla

Eu to cansado com a atitude desses pau no cu
Só sai na rua tretando
[Vão se foder!]
Seus arrombado de merda que nunca trampa e nem rala
Aqui não abaixa a cabeça, o bagulho é mó Tonelada!

Treta, treta, treta, vamo tretar!

A sua hora chegou, o caldo aqui engrossou
Bagulho é mó Tonelada
[Vamos tretar!]
A sua hora chegou, o caldo aqui engrossou
Bagulho é mó Tonelada!

Pura bucha é se encontrar na sua vida de merda
Cercado de talarico, macho fedido e perva
Atropela o pai de família que passa na sua frente
Cu cheio de cachaça, boy inconseqüente

Se a sua família te banca com essa vida de patrão
Tá boladinho, por quê?
[Cai no mundão!]
Seus playboyzinhos de merda, falta cultura e raça
Aqui trampa todo dia, bagulho é mó Tonelada!

Treta, treta, treta, vamos tretar!
Treta, treta, TRETAR!

Filho da puta!

A sua hora chegou, o caldo aqui engrossou
Bagulho é mó Tonelada
[Vamos tretar!]
A sua hora chegou, o caldo aqui engrossou
Bagulho é mó Tonelada!

Vou devolver do jeito que você mandou
Dando bicuda, voadora e chute na costela!
Track Name: Pitando no Kombão [Versão Tributo ao Raimundos]
{PITANDO NO KOMBÃO - Versão Tributo aos RAIMUNDOS}

(Digão/Canisso/Rodolfo)

[Porra!]
Era tudo doido da porra no kombão
[Buceta!]
Só se falava de buceta no komblergh!
[Tontera!]
O que reinava era tontera no kombão
[Cacete!]
Um dia eu dei o mó cacete no kombão

Era o kombão da queimação

Eu, Vitão e meu irmão
Todo mundo muito doido procurando diversão
E dirigir era um tesão, rolava até competição
Quem desse a tragada mais forte é que tocava o bichão
Rolasse um violão aí que era fudição
Rolava desde Bee Gees até Ratos de Porão
Tudo loco e feliz! Até que enfim!

De noite a kombi se enchia de mulher doida pra rodar
Era melhor do que de dia
Meu pai não deixava eu andar

Pelas ruas da cidade eu vou pitando é no kombão!
A negada tá na área
Sem miséria, é só beckão

Como minha mãe me dizia
Tá no fogo é pra se queimar
Doidão na kombi eu só sorria
Manda a mãe delas me pegar